Blog

Parque Municipal de Maceió leva orquídeas e bromélias a Casa Cor Alagoas

Quem visitar a primeira edição do Casa Cor Alagoas vai encontrar um pouco do Parque Municipal de Maceió, que cedeu plantas ornamentais para representar a flora regional no evento. A parceria da Secretaria Municipal de Proteção ao Meio Ambiente (Sempma) visa enriquecer ainda mais a mostra e proporcionar ao maceioense o contato com as espécies encontradas no parque. O Casa Cor acontece do 28 de março a 11 de maio, no antigo casarão que abrigou o Colégio Batista, localizado na Avenida Aristeu de Andrade, 256, no Farol, das 16h às 22h.

Na exposição, plantas como orquídeas, bromélias e raízes aéreas, são utilizadas para lembrar espaços naturais da unidade de conservação. Já as plantas aquáticas, a exemplo das baronesas presentes no Jardim Sensorial do Parque, são utilizadas em uma cascata e vasos decorativos do ambiente proposto pelas arquitetas responsáveis pela exposição.

A utilização do bambu também dá um toque especial, natural e rústico ao espaço onde o verde da natureza se sobressaiu. A exposição possibilita notar com clareza o uso adequado e criativo da sustentabilidade. As arquitetas Adriana Esequiel e Karla Waleska, da empresa Asacada Jardim Vertical, ressaltam a contribuição do Parque para exposição.

“O apoio do Parque Municipal com a entrega de mudas e plantas nativas contribuiu para a composição dos espaços paisagísticos montados a partir da proposta de mostrar que o uso de diferentes plantas, como baronesas e bromélias, destaca a beleza que é possível realçar com o uso de jardim verticais. Além disso, demonstra que não precisamos estar distantes da natureza para viver com bem estar”, disse Adriana Esequiel.

Karla Waleska reforçou ainda que a presença de elementos naturais – a exemplo de bambu, palmeiras, coco seco e pedras-rachão – tem aumentado. “Queremos que os visitantes possam sentir a presença da natureza com harmonia em ambientes para casas e apartamentos. Em uma das varandas da Casa Cor, por exemplo, utilizamos bambus para formar uma cortina verde com arranjos de plantas. Também apresentamos um jardim vertical com espelho e esteiras. Esperamos que todos gostem e atestem nossa proposta”, explicou.

Para o coordenador do Parque Municipal, Fábio Palmeira, a intenção da parceria é divulgar a unidade de conservação de diferentes formas para todos os públicos. “Com essa ação nós despertamos a curiosidade e interesse dos futuros visitantes e ainda praticamos a conscientização ambiental na busca pelo equilíbrio dos ecossistemas”, disse.

Ainda de acordo com Fábio Palmeira todas as mudas, plantas e demais elementos entregues às arquitetas serão devolvidos ao Parque Municipal após os 45 dias de exposição da Casa Cor Alagoas.

Fonte: Site Aqui Acontece

Enviar comentário