Blog

Agentes usam orquídea para eliminar criadouro do mosquito da dengue

O Aedes aegypti, mosquito vetor do vírus da dengue, da febre amarela, zika e chikungunya, precisa das seguintes condições para sua reprodução: água limpa e parada.

Alguns objetos estão frequentemente relacionados a serem potenciais criadouros como vasos de plantas, calhas de casas, pneus, entre outros. Mas, nos últimos meses, os agentes de campo do PMCD (Programa Municipal de Controle da Dengue) têm encontrado em troncos e galhos de árvores plantadas nas calçadas, em especial do tipo sibipiruna, o ambiente ideal de proliferação.

O supervisor geral do programa, Eliseu Vinhoto Garcia relata que nesse tipo de árvore existem pequenas aberturas com até 15 centímetros de profundidade, onde a água da chuva pode ficar depositada.

A medida adotada pelos agentes de campo foi iniciar o plantio de orquídeas dentro dessas pequenas fissuras.“A orquídea é fácil de se encontrar plantada em outras árvores. Retiramos algumas mudas e replantamos em outras árvores. Em duas semanas a orquídea já está enraizando e novos brotos começam a aparecer. O buraco é preenchido e o possível criadouro é eliminado”, conta Eliseu Garcia. O trabalho de plantio iniciou há quatro meses em diversos pontos da cidade e deve se estender nos próximos meses.

Fonte: Massa News